segunda-feira, 23 de dezembro de 2013

E para mim o Natal é isto.

Dizem que nesta época é suposto estarmos felizes, mas a verdade é que esta época torna-se cada vez mais triste para mim. 
É a melancolia de tudo o que perdi, de tudo o que a cada ano continuo a não ser... 
A cada ano sinto menos que a minha família é a família que tive e cada ano que passa mais quero fugir desta época.

Depois surgiram vocês
E para variar vocês têm me mudado a maneira de encarar as coisas.
E com esta época é igual, vocês trazem-me a esperança do que pode ser. Do que eu quero tanto e só consigo esticar a mão há distância.

 Umas bochechas to die for :3
 São momentos assim, as coisas mais pequenas que me fazem querer para mim isto diariamente, que te fazem meu cada vez mais nos meus olhos.
O lanche e o engodo xD
Again, estas pequenas coisas são aquelas que me fazem acreditar que existe uma esperança que o Natal exista, in a way.

 Rua Augusta toda iluminada ^^,
E a do Ouro também.
E os armazéns do Chiado não podem ver nada que também têm que ir atrás :P
Os meus dois amores, desta vez são dois, e vão ser até a família crescer.

 "Habitua-te, um dia também vão se enganar a escrever o teu ultimo nome" 
E ela derrete-se, e faz aquele sorriso, aquele sorriso que só ela sabe fazer e me desperta aquela felicidade que nos leva a ficar com os olhos meio em lágrimas... 
Porque é este o efeito que ela tem em mim.


 Eis uma cena que foi uma agradável surpresa.

Isto estava nos nossos planos de férias, e sabe-me bem poder dizer que concretizámos algo dessa lista, por mais parvo que seja, são estas coisas assim que me têm mantido são da cabeça. Que cada vez mais consigamos riscar coisas das nossas listas :)







Enfim, feliz natal gentes.

Sem comentários :

Enviar um comentário