domingo, 3 de maio de 2015

Out there

Well this was weird.

Por-me outra vez "out there"... depois de tudo o que me aconteceu acabei por me fechar imenso. Foquei me imenso em mim próprio, e quem convive comigo percebia pelo meu parar das brincadeiras mal tocassem no assunto de eu estar ou tentar conhecer alguém. Simplesmente não estava de forma alguma para ai virado, até porque me fartei deste mercado de carne. Se o corpo é tudo o que esta gente tem para oferecer, im not interested. At all.

Então hoje, como quem não quer a coisa, hidromeis (é assim o plural desta coisa?) a baixo e piada atrás de piada, e a muito custo pessoal, não que "ela" me fosse custar sequer alto lá (she's astonishing). Fiz a primeira espécie (muito rara) de move towards conhecer alguém novo.

E por mais pointless que este texto possa parecer, para mim é importante, não pelo "if" disto tudo, mas sim por me ter desprendido finalmente de mim próprio e do que me magoava (pelo menos um bocado vá, não abuses Frutas), e finalmente me abrir a novas pessoas na minha vida.

Uma coisa é falar, outra é realmente fazê-la e sei que estou completamente "out of my game", mas quero sequer ter game? Ou quero ser honesto again? Sei que sai ferrado das ultimas vezes, mas you know. Nalguma vez terei que acertar ^^,

E só acertarei se estiver disposto a isso. Portanto yah.

Im out there'ish. E tenho-vos a agradecer a vocês 3 alminhas (vocês sabem quem são). Por hoje me empurrarem um bocado a perceber que se calhar tá na hora, mesmo que não tenha sido a vossa intenção, at all.

E sim, o Frutas antigo tinha ido lá e pedia o numero ou o facebook e bamz. Mas de certa forma, este Frutas mais encaralhado também tem a sua graça.

Vamos ver.

Não percam os próximos episódios que nós também não! x'D

Sem comentários :

Enviar um comentário