domingo, 20 de dezembro de 2015

Movie Review - Star Wars VII: The Force Awakens



Portanto, a Força acordou, e com ela toda uma onda de merchandising, há já alguns meses, nada contra, pois escrevo isto no conforto da minha manta do Star Wars recentemente comprada na Primark.

O filme é bom. Não se pode dizer o contrário tendo o Q.I. superior ao de uma galinha, ou qualquer bicheza de inteligência inferior. Isso não quer dizer que não tenha as suas falhas, obviamente que as tem, e são facilmente captadas.

Este é um filme de fãs , para fãs , feito por fãs e quem já viu perceberá o que quero dizer, este é o filme que todos os fãs queriam, após anos de queixinhas das prequelas. E neste campo este filme "delivers".
Antigas personagens voltam ao grande ecrã, muitas são as referencias aos eventos da trilogia original, muito do seu espírito volta a estar presente, e muitos são os momentos em que ficamos com ar de parvos a olhar para o ecrã com lembranças de infância a serem preenchidas com novas, com qualidade equiparável.
Agradecidamente deixaram o uso e abuso de CGI em prol de efeitos práticos e nota-se. e bem; que a qualidade da construção que se consegue hoje em dia, com a qualidade dos efeitos especiais actuais é sem duvida o caminho certo para o Star Wars. É um filme que tem o seu look e feel muito pessoal.
Foi com enorme agrado que voltei a ver X-Wings e Tie Fighters a debaterem-se gloriosamente no grande ecrã, e que as batalhas voltaram a ter a dimensão merecida, se bem que abaixo das originais (o que pode vir a subir nos episódios 8 e 9, verdade seja dita).

É como diz o Han Solo "Chewie, we're home".

De tal forma que muita coisa parece mais do mesmo.
A trama é o melhor da trilogia original num só filme, tendo imensas semelhanças, até demais.
Ora vejamos.
*minor spoilers nas linhas que se seguem, leiam a vosso risco*


Um droid num planeta deserto com informação secreta? Check.
Essa informação é sobre Jedis antigos? Check
Deathstar 3.0? Check
Vilão de mascara? Check (mas nada contra a mascara, é way cool e eu quero uma)
Super mestre que não sabemos quem é até mais tarde na trilogia? Check
Uma personagem com um aspecto icónico e depois não tem desenvolvimento nenhum? Check
Mais problemas familiares debatidos em sítios duvidosos? Check

*minor spoilers over*



Dark Side da cena.

Os vilões (1st Order) pouco são desenvolvidos, parecendo um culto revivalista do Império, sem termos acesso a grande informação sobre os seus motivos, ou os seus objectivos sem ser o de destruir planetas, again,
O maior interesse cai no Kylo Ren, um vilão claramente conflituado com vários nuances psicológicos a mostrarem o seu dilema pessoal, o que para mim fez dele um excelente vilão com cartas ainda para dar sem dúvida.

Light Side da cena.

Andou um bocado demasiado ás costas do Han Solo, uma personagem que já estava estabelecida e já é amada por todos. Tirando este grande personagem, três foram introduzidos. Finn, Rey e Poe, e o ultimo é o que se destaca mais, pois é o que tem menos tempo de antena e faz o papel mais memorável.
O Finn tinha tudo para ser um personagem super interessante dado o seu background, mas cai por terra com a panhonhice dele, não sei se foi mau acting, se más escolhas que nada tiveram haver com o actor, mas achei que foi uma personagem que neste filme foi desperdiçada.
A Rey é uma badass, e a actriz faz um excelente papel, e mais não digo, porque cenas. Foi bem explorada deixando questões em aberto, mas não demasiadas.

O J.J. Abrams fez um excelente trabalho a fazer este filme, mas not that great no que toca a escrever.
No final deste filme, claramente desenhado para ser uma trilogia, obviamente existem questões em aberto, mas em alguns casos, demasiado em aberto, dando aquele feeling que poderia ter sido melhor explorado/ explicado, mas dado o facto que não sabemos o que nos espera, não podemos dizer com segurança que é falha do filme, ou planeamento elaborado.

No geral é um excelente filme.
E é com muita segurança que podemos todos afirmar em uníssono que Star Wars voltou para ficar!

Que a Força esteja connosco para não vertemos lágrimas a ver estes filmes, sabe Deus que neste foi tramado.

4 comentários :